O que é Gestão Escolar?

Introdução!

Neste artigo será abordado o conceito de gestão escolar, seus pilares, suas vantagens e de que forma é possível simplificar e otimizar todos os setores da escola. Boa leitura!

O que é gestão escolar

Nada melhor do que começarmos conceituando o que é gestão escolar, para depois nos aprofundarmos nos benefícios alcançados por uma boa gestão escolar.

A gestão escolar é o modelo educacional adotado pelas instituições de ensino. Impulsionar e coordenar as habilidades, os talentos e, também, a conhecida competência educacional, tendo como resultado geral o aprimorando o ensino.

É importante lembrar que não se trata de “administração acadêmica” ou “administração escolar”. O objetivo da gestão escolar é engajar a equipe da instituição a fim de ampliar a eficácia dos processos e, assim, atingir a tão almejada qualidade do ensino ofertado aos estudantes.

Na gestão da escola, a atenção deve estar voltada para os aspectos pertinentes às atividades educacionais com objetivo principal na obtenção de resultados, e para isso é fundamental o empenho na execução de uma liderança exemplar, bem como a participação ativa dos pais.

O que é a gestão escolar online

A gestão escolar online nada mais é do que a realização da gestão escolar através do uso de tecnologias da informação através da internet. Na gestão online, o gestor irá utilizar a internet para gerenciar a secretaria, pedagogas, alunos, professores e pais de alunos. Alguns dos recursos computacionais e sistemas que ajudam na gestão escolar conectada:

  • Computadores
  • Tablets
  • Smartfones ou celulares
  • Notebooks
  • Smart tv
  • Roteador e rede wifi
  • Switch de rede
  • Rede 3G

Pilares da gestão educacional

Muitos acabam por considerar 6, 7 ou mais pilares, porém, quando se trata da gestão escolar, temos de fato 5 pilares que traçam o rumo da sua gestão e consequentemente do sucesso da sua escola. Os demais itens que alguns consideram como pilares são também importantes, porém, não são pilares.

Afinal, quais são os pilares?

  • Gestão pedagógica – Este é o pilar mais importante da gestão de escolas e cursos, sejam eles profissionalizantes, livres, de idiomas ou de ensino superior. Contempla toda a organização, planejamento e administração da área educativa, portanto, é responsável pelo objetivo central da instituição de ensino.
  • Gestão administrativa – Organização e administração da instituição como estrutura física, instalações prediais, equipamentos, materiais utilizados nas aulas, bem como nos projetos propostos pela gestão pedagógica.
  • Gestão financeira – organiza os proventos da instituição, envolvendo cálculo de custos, fluxo de caixa, definição de orçamento, e se responsabilizando em distribuir a verba de forma estratégica para os diferentes setores da escola.
  • Gestão de recursos humanos – organização de toda a comunidade que faz parte do ambiente escolar, alunos, professores, funcionários, responsáveis e comunidade em geral. Tem como principal missão garantir que todos mantenham a satisfação e assim o rendimento de suas atividades.
  • Gestão da Comunicação – Pode-se considerar o pilar dos pilares, é fundamental que haja comunicação clara e simplificada entre todos os envolvidos no processo educacional, além da comunicação interna, que é fundamental para que todas as outras áreas exerçam suas funções de forma eficiente, também é de extrema importância que se estabeleça uma comunicação constante entre a instituição e a comunidade.

Com o intuíto de viabilizar a construção da autonomia em todos os sentidos, financeiro, acadêmico, pedagógico, redução de custos, otimização de processos, aproveitamento do tempo etc., a gestão escolar pode ser organizada e dividida nos pilares citados que serão detalhados logo a seguir:

Gestão pedagógica da escola

Esse é o pilar mais importante e deve ser a prioridade máxima da escola, afinal, o desenvolvimento pedagógico dos alunos é o mister de qualquer escola, se na sua ainda não é, você precisa agir imediatamente. Sendo assim, a gestão pedagógica está relacionada a elementos de máxima relevância, tais como:

  • organizar e planejra o sistema de ensino;
  • motivar seus recursos humanos;
  • modernizar as metodologias de ensino;
  • otimizar as práticas educacionais;
  • elaborar e implementar e manter projetos pedagógicos;
  • definir metas e alinhar a relação de ensino/aprendizagem.

Gestão administrativa da escola

Diferente dos demais pilares, o principal objetivo da gestão administrativa da escola é o controle total dos recursos materiais, recursos físicos e instalações físicas da instituição.

O administrador é responsável pelo patrimônio, bem com garantir que este será utilizado de forma coerênte e condizente com o que foi planejado pela Gestão Pedagógica da instituição. A fim de garantir uma atuação exemplar, é imprescindível:

  • Estar sempre atualizado e atento às leis educacionais e normas ;
  • Manter sempre em excelentes condições os bens da empresa;
  • Estar sempre atento às atividades rotineiras da secretaria e demais áreas, e com ações coerentes às necessidades do corpo docente a fim de propiciar as melhores condições de trabalho.

Gestão financeira da escola

A finalidade da gestão financeira escolar é gerir as receitas e despesas e otimizar os recursos financeiros.

Fica sob sua responsabilidade realizar o orçamento levantando e provisionando receitas e despesas a fim de melhor definir os destinos dos recursos, e assim fazer uma melhor distribuição do dinheiro alinhando sempre com as demandas dos demais pilares.

A gestão escolar financeira competente é aquela capaz de garantir que todos os setores tenham suas demandas atendidas e possam funcionar de forma plena e satisfatória, contribuindo para que a organização alcance seus objetivos de negócios.

Gestão de recursos humanos da escola

Naturalmente, qualquer escola enfrenta uma preocupação contínua com os seus recursos humanos.

Na gestão de RH faz-se necessário lidar pessoas de diversas condições culturais e comportamentais, dentre eles, o corpo docente, o corpo discente, pais e funcionários.

Como se não bastasse, além de atender e manter motivados os envolvidos, e de diferentes perfís, ainda está em sua alçada fazer com que todo este contingente esteja engajado no mister da instituição, que é a evolução do desempenho escolar dos alunos.

Gestão da comunicação da escola

A comunicação interna na instituição deve ser uma constante e sempre o mais clara, mais objetiva e mais rápida possível.

A preocupação da instituição deve ser garantir que a comunicação seja rotineira e mantenha em sintonia todos os envolvidos no processo educacional. Colaboradores satisfeitos e motivados certamente representam a base do processo, entretanto, uma boa gestão da comunicação precisa envolver toda a comunidade escolar e, para isso, deve extrapolar os muros da escola e sempre alcançar pais e alunos.

Esta conexão permanente além de ser indispensável para a evolução pedagógica, que é a atividade fim da instituição, resulta no constante contato dos “clientes” com a marca de sua escola.

Uma boa comunicação irá resultar em:

  • Professores alinhados com os princípios e valores da instituição
  • Setores integrados e afinados em suas prioridades
  • Colaboradores cientes de que suas tarefas influenciam na realização do todo
  • Alunos engajados e direcionados ao aprendizado
  • Pais presentes e conscientes da sua importância no processo de ensino

Outro ponto importante é lembrar sempre que pais e responsáveis são clientes e portanteo devem sempre receber um retorno adequado sobre o investimento feito e, principalmente, sentir a instituição como sua parceira nessa desafiante missão de formar cidadãos preparados para a vida, visionários, e a caminho do mercado de trabalho.

Algumas tarefas da área de comunicação no ambiente educacional são:

  • Manter pais ou responsáveis sempre informados sobre as ações da instituição
  • Manter pais sempre informados sobre as atividades e tarefas dos filhos
  • Informar responsáveis quando o aluno deixa de realizar as tarefas propostas pelos professores
  • Informar pais sobre notas, frequência e ocorrências disciplinares dos alunos o mais rápido possível.
  • Manter alunos informados sobre o calendário de avaliações, provas e atividades da instituição
  • Manter alunos informados sobre eventos e comunicados da instituição

Por ser responsável na integração de todos os setores, realizar uma boa gestão da comunicação é primordial para escolas e cursos eliminarem turbulências na troca de informações e sedimentarem a identidade da sua instituição de ensino.

A comunicação escolar deve ir além dos recados e comunicados diretos entre escola e responsáveis. É necessário conhecer todos os perfís com quem a escola se relaciona, entender seus anseios por informação e assim, elencar prioridades na comunicação.

Alguns exemplos de meios de comunicação escolar: mural, informativos, reuniões, eventos, aplicativos de comunicação, o próprio site da escola, redes sociais, e-mail, marketing educacional, entre outros.

Uma boa comunicação está presente no dia a dia de todos os envolvidos no processo educacional, construindo relacionamento que integra a comunidade escolar e atrai novos alunos.

Entre os benefícios de ter um setor de comunicação efetivo estão:

  • Aumento da confiança dos pais na instituição de ensino
  • Melhora na relação entre a escola e a comunidade
  • Redução da inadimplência
  • Aproximação com os responsáveis
  • Aumento da produtividade dos professores
  • Aumento  do engajamento dos alunos
  • Prevenção da evasão
  • Controle da indisciplina